quinta-feira, 30 de junho de 2011

Eu acredito. Acredito no tempo. O tempo é nosso amigo, nosso aliado, não o inimigo que traz as rugas e a morte. O tempo é que mostra o que realmente valeu a pena, o tempo nos ensina a esperar, o tempo apaga o efêmero e acaba com a dúvida.
Caio F. Abreu
"Foi só um momento de carência. Não tenho a menor intenção de sentir a sua ausência."
Lídia Martins

domingo, 26 de junho de 2011

Não se sinta como um grão de areia no deserto, sinta-se como o Sol entre as estrelas.
Felippe Caruso


sexta-feira, 24 de junho de 2011

Crie laços com pessoas que lhe fazem bem, que lhe parecem verdadeiras e desfaça os nós que lhe prendem aquelas que foram significativas em sua vida, mas que infelizmente, por vontade própria ou não, deixaram de ser. Nó aperta. Laço enfeita. 

Silvana Duboc 


quinta-feira, 23 de junho de 2011

Me desculpe por ter tomado a iniciativa. Me desculpe por ter escrito. Me desculpe por ter ligado. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe por ter dito sim. Me desculpe por ter gemido. Me desculpe por ter gozado. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe pelos machucados que sua ex deixou em você. Me desculpe por eu ter vindo logo atrás dela. Me desculpe por querer entender seu silêncio. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe por eu não ter usado máscara. Me desculpe por desejar alguma intensidade. Me desculpe por desejar. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe pelo que foi ruim. Me desculpe pelo que foi bom. Me desculpe pelo atrevimento de supor que eu merecia o que de bom aconteceu. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe por eu ter tirado a roupa. Me desculpe por eu ter mostrado meu corpo. Me desculpe por eu ter gostado de mostrar meu corpo. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe por eu ter escrito coisas lindas para você. Me desculpe por você não ter entendido um terço do que eu escrevi. Me desculpe por você ter me achado ousada demais. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe por, em algum momento, eu ter te amado. Me desculpe por, em algum momento, eu ter te achado bonito. Me desculpe por, em algum momento, eu ter me achado bonita. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe pelos seus erros de português. Me desculpe pelos erros de português da sua nova namorada. Me desculpe pela sua nova namorada achar margarida uma flor pobre. Me desculpe por eu ter voz.
Me desculpe por você torcer para o Palmeiras. Me desculpe se uma barata entrar na sua cozinha algum dia. Me desculpe pelos 130 km de congestionamento em São Paulo agora. Me desculpe por eu ter voz.
Mas, sobretudo, me desculpe por pedir essas ridículas, inúteis e dolorosas desculpas. Que, naturalmente, não são para você, afinal, porcos não reconhecem pérolas.
Stella Florence

quarta-feira, 22 de junho de 2011

“...Capture sua felicidade e não deixe que ninguém a tire de você, guarde-a com você, pois quando a tristeza te invadir, será preciso desenterrar uma velha esperança de um novo começo feliz.
Eu só estou pedindo, para você ser feliz.”

terça-feira, 21 de junho de 2011

O que vale a pena possuir, vale a pena esperar.
CFA

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável.. pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo, hoje sei que se chama AMOR-PRÓPRIO. 

PS: quem souber de quem é essa frase me avisaa, e outra coisa, to em falta com os comentários, falta de tempo mesmo, tanto que nem tenho postado direito, mas pode deixar que logo logo vou voltar a comentar em todos, beijos

domingo, 12 de junho de 2011

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!

Não fosse amor, não haveria desejo, nem medo da solidão. Se não fosse amor não haveria saudade, nem o meu pensamento o tempo todo em você. 


sábado, 11 de junho de 2011

Tinha esquecido do perigo que é colocar o seu coração nas mãos do outro e dizer: toma, faz o que quiser.
Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 6 de junho de 2011

O guerreiro da luz aprendeu que Deus usa a solidão para ensinar a convivência. Usa a raiva para mostrar o infinito valor da paz. Usa o tédio para ressaltar a importância da aventura e do abandono. Deus usa o silêncio para ensinar sobre a responsabilidade das palavras. Usa o cansaço para que se possa compreender o valor do despertar. Usa a doença para ressaltar a benção da saúde. Deus usa o fogo para ensinar sobre a água. Usa a terra para que se compreenda o valor do ar. Usa a morte para mostrar a importância da vida.
Paulo Coelho

domingo, 5 de junho de 2011

"Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas", "se me dizes que vem às quatro, as três já começo a ser feliz". 
O Pequeno Príncipe

sábado, 4 de junho de 2011

Fazia muito tempo que eu não tinha vontade de sorrir para nada nem para ninguém, então era extraordinário que ele conseguisse perturbar assim os cantos de meus lábios.
Tati Bernadi.

O que é que se consegue quando se fica feliz?... - Ser feliz é para se conseguir o quê?
Clarice Lispector
Esse sorriso lindo que você tem, é seu mesmo ou é patrocinado por algum creme dental?
Jô Soares